terça-feira, 8 de março de 2011


Por: Denivan Costa de Lima
Graduando Licenciatura em Dança Ufal

O projeto de dança Urucungo na roda de saberes é a continuidade de uma pesquisa artística e performática iniciada na disciplina Composição Coreográfica I no curso de Licenciatura em Dança da UFAL no ano de 2009, cujo objetivo era discutir a dança enquanto conhecimento científico de atuação para contextualização nas relações étnico-raciais, tendo como ponto de partida as movimentações da Capoeira, com atividades teóricas e práticas.

A pesquisa está amparada na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e Lei 10.639/03, cujo artigo 1º da LDB ressalta "A educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais" e 10.639/03, ressalta no "Art. 26-A. Nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira".

§ 1º O conteúdo programático a que se refere o caput deste artigo incluirá o estudo da História da África e dos Africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil.

A inquietação de executar este projeto ocorreu durante o desenvolvimento da disciplina "História e Estética da Dança" em 2007.1, quando foi constatado que manifestações de matrizes estéticas indígenas e africanas não faziam parte do plano de curso de uma disciplina tão importante quanto esta, já que a Capoeira faz parte da cultura brasileira e segundo Josivaldo Pires (2009:22) "a sua descriminalização estaria vinculada ao esforço do mestre Bimba em promover a capoeira como educação física ainda na década de 1930."

O Berimbau, instrumento indispensável da Capoeira, palavra de origem banto, que também significa "Urucungo" (Castro, 2001:174) e segundo Mestre Pastinha nas letras das suas musicas de capoeira, afirma que "o berimbau é um instrumento que toca paz e toca guerra". Sendo assim, as ações corporais apreendidas no jogo da Capoeira constroem e enriquecem o argumento para a prática da pesquisa.

A importância da pesquisa artística Urucungo na Roda dos Saberes em toda a sua estrutura (Oficinas de Capoeira, Confecção de Berimbaus, Dança, Cânticos de Capoeira, Confecção de Máscara Africana da Etnia Banto) para as redes de ensino e de outros segmentos da sociedade visa estimular criações relacionadas a identidades étnicas e culturais, por compreender que somos uma população pluricultural, para assim possibilitar a formação profissional e cidadã dos estudantes.



Serviço

Projeto Urucungo na Roda de Saberes
Oficinas de Capoeira, Confecção de Berimbaus, Dança, Cânticos de Capoeira.
Local: Residência Universitária (Praça. Sinimbu)- Maceió/AL
Data: Aos sábados até Março de 2011.
Hora: 09:00h ás 11:30h
Inscrições aos sábados no local, vagas limitadas!
Mais informações: 82 8858 6771

Nenhum comentário:

Postar um comentário